Minutos de Direito, Estudante de Direito
  • Estudante de Direito

Minutos de Direito

278seguidores3seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Vídeos do mundo jurídico toda quarta-feira!
Canal no youtube com o intuito de trazer conteúdo do dia a dia da advocacia para acadêmicos do curso de direito e advogados.

Verificações

Minutos de Direito, Estudante de Direito
Minutos de Direito

Recomendações

(14)
Marcia Luiz, Advogado
Marcia Luiz
Comentário · há 6 meses
Pois, saiba que eu saí da graduação e, nem durante, nem depois, jamais trabalhei em escritório de advocacia. Fui estagiária concursada da Defensoria Pública do RJ, cumpria o estágio duas vezes por semana na hora do almoço porque eu tinha um emprego bom e 2 filhos pra criar sozinha. Iniciei o curso de direito como segunda graduação (a primeira foi o jornalismo, na época da ditadura) e após 20 anos de trabalho no mercado financeiro, em 2 grandes bancos transnacionais, porque decidi não ter mais patrão. Meu patrão seria o cliente. Ainda, agarrei os 4 períodos de escritório modelo de prática forense que a própria universidade oferecia com unhas e dentes, elaborando iniciais, contestações, réplicas, recursos, etc, me oferecendo para fazer todas as tarefas que os outros dispensavam, inclusive despachar com juízes, desembargadores, etc. Tudo porque não tinha como me dar ao luxo de estagiar e ganhar nada ou muito pouco. E foi assim, exatamente assim, que conquistei a tão desejada prática forense. Um ano antes de colar grau eu já tinha uma bela carteira de clientes e fazia parceria com colegas já formados, que apenas assinavam minhas petições como advogados. Mas, todo o trabalho era eu que fazia sozinha. Passei nas 2 fases do exame de Ordem antes de colar grau e logo depois já peguei minha carteira e simplesmente continuei na advocacia o que já havia começado. Alguns meses após conseguir a carteira, deixei meu emprego e passei a viver exclusivamente da advocacia em voo solo porque sempre considerei a remuneração de estagiários e advogados iniciantes em escritórios, pequenos, médios ou grandes, medíocre, perto do que recebem os donos do escritório, enquanto a turma do baixo escalão é que trabalha. Essa a razão de nunca ter me submetido a trabalhar em escritórios de outrem. E continuo aqui, muitos anos depois, no voo solo, com bons clientes e sem nenhum problema. Agora, já abandonando a carreira e me voltando totalmente para o marketing digital para contribuir com a transformação desse mundo em algo muito melhor, diante da total descrença num judiciário que não funciona ou é arbitrário ou trabalha na mais triste inversão de valores. Não é só o executivo e o legislativo que afundam ou afundaram o país nessa lama toda. O judiciário faz parte com certeza. E minha missão, já faz algum tempo, é contribuir com as pessoas, com o povo, fazendo com que alcancem melhora significativa de suas vidas, empreendendo e usando todos os caminhos possíveis e imagináveis para conquistar sua real independência em todos os sentidos e deixarem governo e crise e escassez à margem, literalmente de lado. Com crise ou sem crise, todos aqueles que estão empreendendo, se transformando para melhor, conquistando novos conhecimentos e atuando em diversas áreas sem nem lembrar que governo existe, estes sim estão realmente crescendo, pouco importando se os governantes afundam cada vez mais o país no mar de lama.

Perfis que segue

(3)
Carregando

Seguidores

(278)
Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Minutos de Direito

Carregando

Minutos de Direito

(47) 3045-32...Ver telefone

Entrar em contato